Chrome para Android vai ganhar bloqueador de anúncios; saiba como testar

O Google prepara um bloqueador de anúncios nativo para o Chrome no Android e agora usuários interessados já podem testar o recurso.

A novidade, que visa melhorar a experiência de uso de internet no celular ao barrar anúncios publicitários invasivos, apareceu na versão mais recente do Chrome Canary para Android.

O Chrome Canary é o beta do Chrome: é onde os desenvolvedores do Google colocam recursos em fase de testes para buscar possíveis falhas antes de liberá-los na versão estável.

O recurso por enquanto está disponível para usuários da América do Norte, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia, mas é possível ativá-lo mesmo em smartphones brasileiros.

Siga os passos abaixo para já poder usar o bloqueador de anúncios do Chrome.

Baixe e instale o Chrome Canary

Disponível na Google Play Store, o Chrome Canary pode ser baixado e instalado por aqui. É bom lembrar que ele está em fase de testes, portanto, o recurso pode não funcionar como o desejado.

Além disso, o Chrome Canary é constantemente atualizado – pode chegar a sete updates em uma semana -, então esteja disposto a atualizar o app todo dia, além de ter certeza de que há espaço no seu smartphone para isso.

Ative o recurso

Reprodução 

Assim que o Chrome Canary estiver instalado, vá até as configurações dele e entre em “Configurações de site”. Lá dentro você encontrará a opção “Anúncios”.

É só ativar o bloqueador de anúncios e pronto – o Chrome vai começar a barrar publicidade invasiva em sites da web.

Novamente, é bom lembrar que o recurso está em fase de testes e pode não funcionar perfeitamente. Além disso, a ideia não é que ele bloqueie todos os anúncios da internet, como o AdBlock Plus faz, e sim apenas os mais invasivos – os que reproduzem vídeo com áudio, ou que ficam por cima do conteúdo da página, por exemplo.

Afinal de contas, o Google vive da receita de publicidade – dar uma opção para os usuários eliminarem todos os anúncios com facilidade vai contra os interesses da empresa.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*